Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um pássaro sem poiso

Palavras soltas, livres, voando por aí

Um pássaro sem poiso

Palavras soltas, livres, voando por aí

17.08.20

30/30 | 19


Isa Nascimento

Chorar por tudo e por nada

Lágrimas doces de felicidade

Ou melosas como o amor

De comoção perante a tragédia

Incontroláveis numa gargalhada

Ardentes de saudade

 

Chorar até durante o sono

Por um pesadelo aliviado ao despertar

Que o rosto deixou marcado

Com lágrimas de pesar e dor

Que demoram a secar

 

Chorar também no cinema

Ou no sofá a ver televisão

Lágrimas com sabor a mar

Emergidas de uma emoção enlevada

Em preciosos instantes fugazes

Náufragas de um sentir despertado

Na evocação de memórias julgadas esquecidas

 

Chorar num desabafo

Lágrimas de tormenta

 

Agosto de 2020

20200410_111042.jpg

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Isa Nascimento

    17.08.20

    Espero que consigas libertar-te do "quando" e, simplesmente, deixares-te ir sempre que "faz tanta falta", sem travões
    Bom descanso!
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.