Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um pássaro sem poiso

Palavras soltas, livres, voando por aí

Um pássaro sem poiso

Palavras soltas, livres, voando por aí

01.08.20

30/30 | 3


Isa Nascimento

Olhei para aquela corda

Cheia de roupa branca

Orgulhosamente esvoaçando ao vento

E lembrei-me de ti,

De te ver a esfregar os lençóis nas pedras do rio

A ensaboá-los bem com sabão azul

E de te ajudar depois a estendê-los

Sobre a relva, ao sol a corar.

 

Recordei o teu rosto sorridente

E vi-te novamente naquele alpendre,

Toda de negro e lenço à cabeça

Na conversa com as vizinhas.

 

“São umas tolas”, dizias tu.

Já não sei a quem te referias,

Só sei que “tolos” e roupa branca

Me fazem sempre lembrar de ti.

 

Agosto de 2020

20200715_114036.jpg

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.