Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um pássaro sem poiso

Palavras soltas, livres, voando por aí

Um pássaro sem poiso

Palavras soltas, livres, voando por aí

03.08.20

30/30 | 5


Isa Nascimento

Alguém, há dias, me dizia

A poesia, o amor e a luz estão no ar,

é preciso apenas o instrumento certo para os apanhar…

 

Ficou-me a frase retida na mente

Esvoaçando, insistente,

Suplicando que fizesse algo com ela.

 

Sem saber por onde mais começar

Transformei-a em borboleta

E deixei-a poisar no bico da minha caneta.

 

Levou-me então pelas linhas do meu caderno

Onde à vida jurei amor eterno

E às estrelas roubei a luz para me iluminar o caminho.

 

Mas logo a borboleta saiu a voar,

Nas asas levando a luz e o amor

Deixando-me em troca a poesia de uma flor.

 

Agosto de 2020

20200518_202051.jpg

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.