Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um pássaro sem poiso

Palavras soltas, livres, voando por aí

Um pássaro sem poiso

Palavras soltas, livres, voando por aí

27.01.21

A Natureza e o controlo da mente


Isa Nascimento

Uma das formas que mais uso para impedir que a mente trabalhe contra mim é observar o que me rodeia. Talvez por isso tire tantas fotografias…

Às vezes parece-me um vício, mas a verdade é que resulta.

Quando passeio sozinha, especialmente em parques e jardins, a minha cabeça funciona como um periscópio, sempre às voltas, à procura daquele detalhe especial que me recordará como a Natureza é extraordinariamente surpreendente.

Não chega passear, tenho de observar atentamente….

Dessa forma, faça chuva ou faça sol, a Natureza tem sempre o maravilhoso dom de conseguir melhorar o meu dia.

Contemplá-la permite-me resgatar a alegria na cor de uma flor num dia cinzento, o vigor no brilho resplandecente das gotas da chuva, a capacidade de adaptação revelada pelas plantas e pelos animais ao longo das estações do ano…

Parar, admirar, fotografar… são ferramentas eficazes para controlar o pensamento.

Enquanto observo a imagem para ver se consegui registar a essência daquele detalhe que captou a minha atenção… foco-me no presente, não revivo o passado nem invento o futuro.

20210122_144245.jpg

Narciso-de-inverno (espécie Narcissus tazetta)

A Natureza é sempre uma fonte de inspiração para mim.

Gosto de aprender com ela e de me deixar maravilhar por ela.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.