Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um pássaro sem poiso

Palavras soltas, livres, voando por aí

Um pássaro sem poiso

Palavras soltas, livres, voando por aí

20.10.20

Chovem lágrimas


Isa Nascimento

Oiço a chuva lá fora

E deixo-me embalar por ela,

Num misto de nostalgia e saudade

Entregando-me à preguiça e à inércia.

 

O som das gotas nos degraus metálicos

Das escadas das traseiras

Ecoa no espaço e no tempo

Entoando prantos cansados.

 

Um cântico sereno, reconfortante.

De sábias vozes ancestrais

Falando baixinho comigo

Revelando segredos antigos.

 

Por ali fico, escutando-as,

Rindo e chorando só,

Numa solidão apaziguante

Minha amiga e confidente.

 

Outubro de 2020

20201019_131208.jpg

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.