Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um pássaro sem poiso

Palavras soltas, livres, voando por aí

Um pássaro sem poiso

Palavras soltas, livres, voando por aí

14.07.22

Dia Mundial da Liberdade de Pensamento | 14 de julho 2022


Isa Nascimento

Comecei a escrever um diário na adolescência, mas nunca fui capaz de o manter regularmente.

Hoje percebo que acabava por escrever apenas em situações de pico. Picos de tristeza, ou picos de alegria. Como não há picos todos os dias, os períodos de interregno foram sempre grandes.

Não escrevi durante quase toda a duração do meu casamento. Mais de vinte anos sem exprimir por escrito os meus sentimentos. Os meus dias não tinham horas suficientes. Hoje tenho muita pena de ter deixado isso acontecer. Especialmente porque gosto de me reler de vez em quando para relembrar o que aprendi durante o percurso.

Agora tenho grandes espaços em branco. Períodos em que me é impossível recordar do que vivi ou senti.

Contudo, os meus pensamentos voaram sempre livres, ordeiramente ou em turbilhão conforme os dias. Se o meu punho se viu manietado por falta de tempo ou vontade, o meu pensamento, esse, ainda mais teimoso e obstinado do que eu, correu sempre como quis e lhe apeteceu.

E, por muito que me canse essa correria constante, desejo que ninguém chegue a ver o dia em que a tecnologia seja capaz de nos ler os pensamentos!

20200716_131907

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.