Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um pássaro sem poiso

Palavras soltas, livres, voando por aí

Um pássaro sem poiso

Palavras soltas, livres, voando por aí

22.07.21

Loucura


Isa Nascimento

Dias de desatino, estes

Em que não acerto no que faço

Em desvarios constantes,

Sem tino, feita laço.

 

A garganta num nó

Sem palavras que me valham,

Seja quando estou só

Ou os juízos me falham.

 

Em dias de desacerto suspensa

Presa pelas pontas apenas,

Nem a sensatez compensa

Os absurdos às centenas.

 

Sim, poderia a culpa atribuir-te

Por estas ausências de lucidez,

Mas seria somente para ferir-te.

Assim sou, desde o ato que me fez.

 

Setembro de 2020

20200225_113635.jpg

 

 

20 comentários

Comentar publicação