Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um pássaro sem poiso

Palavras soltas, livres, voando por aí

Um pássaro sem poiso

Palavras soltas, livres, voando por aí

11.09.20

Fantasia


Isa Nascimento

O que vivemos sabe-me a sonho

É irreal, surreal como esta era.

Não passará de um boa memória

No meio de muitas outras,

Más e inquietantes.

Terminará como todos os sonhos.

 

Ainda que esta noite pareça mais longa,

O despertar virá com a aurora.

Numa manhã qualquer

Acordarei na tua ausência

E assim continuaremos,

Como antes,

Quando a normalidade voltar

Com o amanhecer habitual.

 

Abril de 2020

20200901_134016.jpg

 

24 comentários

Comentar publicação