Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um pássaro sem poiso

Palavras soltas, livres, voando por aí

Um pássaro sem poiso

Palavras soltas, livres, voando por aí

15.03.21

Tejo


Isa Nascimento

Olhei o rio e vi o mar,

Por tão imenso ser,

Por tanto brilhar ao entardecer.

 

Talvez o rio beijasse o mar

Ou o mar abraçasse o rio,

Não consegui perceber.

 

Indiferentes ficaram, entrelaçados,

Entre margens que se apartavam,

Dançando juntos, enfeitiçados,

Sem ver os olhos que os olhavam.

 

Janeiro de 2021

20210314_183109.jpg

 

22 comentários

Comentar publicação