Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um pássaro sem poiso

Palavras soltas, livres, voando por aí

Um pássaro sem poiso

Palavras soltas, livres, voando por aí

12.05.20

Tudo passa


Isa Nascimento

Passam-se os minutos

Passam-se as horas

Passam-se os dias

Passa-se a história

 

Perde-se o tempo

Num contrarrelógio voraz

Que nos consome

Enquanto buscamos mais

 

Mais fama

Mais sucesso

Mais riqueza

 

Esconde-se a fraqueza

Apagam-se as memórias

Fica o fingimento

Ocultando o desencanto

 

Esquece-se o amor

Inalcançável

No meio do tempo perdido

Que deixamos passar

Sentados à janela

Olhando a vida que passa

E nos deixa no cais

Sem partir nem chegar

 

E entre decisões não tomadas

E riscos não corridos

Fazemos adeus à vida

Que jamais volta

Rogando-lhe

Que tenha pena de nós

 

Março de 2018

20200410_170701.jpg

 

19 comentários

Comentar publicação